Chateau de Versailles – Grandioso!

21/01/2018 | 0

Ola queridos seguidores, definitivamente achamos que é o lugar mais impactante que já estivemos!

E olha que já viajamos um tantinho por este mundão…

Quem já foi sabe do que estou falando, quem não foi, precisa ir!  Mesmo que fique poucos dias na França, a ida a Versailles é obrigatória! Seja pelo majestoso museu, a sala dos lustres, os aposentos de Maria Antonieta e Luiz XIV, e na minha opinião, pelos magníficos e únicos jardins! E que jardins!!!

Vista central do castelo para o jardim

Jardins de Versailles

Principalmente no verão! Muito mas muito florido… e aqueles corredores de árvores intermináveis cortadas e aparadas milimetricamente iguaizinhas!

Essas árvores… muito fofas né

Versailles na primavera!

Gente, somos suspeitas, achamos Versailles um lugar fora da realidade! É maravilhoso!

Demais esse jardim, né!

Árvores cortadas todas iguais!

Como chegar: Em Paris pegamos o metrô e descemos na estação Montparnasse, de lá pegue o RER até Versailles Chantiers, depois uma caminhadinha de mais ou menos uns 15 minutos, pronto!

Os portões grandiosos e dourados são avistados de longe, a magnitude do que nos aguardava já era percebida mesmo antes de entrarmos. Lembro-me que compramos os tickets ali mesmo na bilheteria com uma pequena fila. As opções de tickets são variadas pois há a opção de visitar apenas os jardins com ou sem acesso ao museu e com ou sem audio guide.

Compramos o tour completo e não espere ver tudo em um dia, então através do mapa a minha dica é priorizar os salões que desejar ver.

O Palacio!

Nosso roteiro: Depois de visitar o museu onde era a residência principal de Luiz XIV, inclusive a tão famosa sala dos lustres, dirija-se às varandas do palácio e simplesmente aprecie os jardins, lindos, perfeitos, parece que a vegetação se completa e uma precisa da outra para formar aquele ambiente tão harmônico.

Vista interna

A Famosa Sala dos Lustres

Mais lustres

Versailles é realmente impressionante!

Descemos e fomos passear por entre os jardins, flores, fontes, esculturas e chegamos no Grand Canal que atravessa em formato de cruz o terreno do palácio. Preste bem atenção nos corredores de árvores e arbustos, parecem mais é um desenho de tão perfeitos.

Muitas esculturas

Vista do Jardim para o Palácio

Esse é o momento de tirar muitas e muitas fotos pois voce não verá nada igual, nem no Vale do Loire – região francesa de castelos e palácios medievais.

Riqueza de artes!

Esculturas sob o lago

Um pouco mais abaixo, encontramos um restaurante – café chamado La Flottille que vale a visita, e, se tiver tempo alugue um barquinho bem em frente e faça o bucólico passeio apreciando e agradecendo a oportunidade de estar em um lugar tão maravilhoso.

Vista do restaurante “la Flotille”

Como os jardins são muito grandes mesmo, logo no pé do palácio tem umas casinhas que alugam aqueles carrinhos iguais de campo de golfe. Não me lembro o preço mas se tiver muito calor ou vocês estiverem muito cansados creio que valha a pena.

Há também um micro ônibus coletivo que circula por todo o terreno do palácio e seus jardins, pegamos ele e fomos conhecer o anexo chamado aposentos de Maria Antonieta, lá há outro pequeno palácio, museu  e também um jardim. Bem menores em tamanho mas tão lindo quanto o Grand Chateau!

Jardins de Maria Antonieta

Anexo de Maria Antonieta

Vista Central do Jardim

Enfim, foi um dia memorável, aqueles para guardar para sempre nos nossos corações!

Gostam de Castelos… então não deixe de conferir o nosso post sobe o Vale do Loire!

Se vocês gostaram deste post, não deixe de ler as nossas dicas de Paris, clicando aqui e também da Disney de Paris!

Escrito com carinho por
vivendoavida

Nenhum Comentário


Deixe sua opinião!