Cruzeiro no Mediterrâneo

02/02/2018 | 2

Somos apaixonadas por cruzeiros! Aqui vamos falar um pouco sobre esse roteiro sensacional que é conhecer um pedacinho do Mediterrâneo através das paradas nas cidades desse itinerário. Fizemos esse roteiro com o navio MSC Meraviglia. O embarque e desembarque foi pelo porto de Marselha, na França, uma linda cidade portuária que ficou na lista dos desejos para voltar e conhecer um pouco mais.

Bom, primeiro vamos falar um pouco do que é estar dentro de um transatlântico. Para nós a primeira definição que vem à cabeça é: estar num hotel de luxo sobre o mar. Isso porque até a cabine mais simples é muito confortável. Há diversas opções de acomodação e preços.

Imaginem um “barco” que flutua com aproximadamente 5.000 pessoas à bordo, entre tripulação e passageiros…surreal né! Sem contar as toneladas de comida que sustentam todas essas pessoas durante dias à bordo. É simplesmente sensacional.

Então vamos ao que interessa, responder a várias perguntas para quem nunca fez uma viagem de navio. Achamos que a mais importante é: o que fazer uma semana (ou mais) dentro de um navio? No navio há diversas atividades durante todo o dia, que atendem os diversos tipos de público  (jovens, casados, idosos, crianças, solteiros, família). Todos os dias, os passageiros recebem a programação do dia seguinte a bordo com todas as atividades disponíveis. A parte recreativa de um cruzeiro é muito diversificada onde os passageiros ficam entretidos nas diversas áreas do navio. Entre as atividades que são gratuitas encontramos: piscinas, jacuzzi, brincadeiras, shows, cinema, oficinas, palestras, atividades físicas coletivas, danceteria, etc. As atividades irão depender de cada cruzeiro, mas na MSC basicamente tem o mesmo tipo de atividades. São diversos lounges espalhados por todo o navio Nesse navio tem um cassino ótimo, para quem gosta desse tipo de recreação.

Recreação – área externa

Recreação – área interna

A viagem de navio é muito organizada e toda a equipe que trabalha no navio é muito bem treinada para receber os turistas e para fazer tudo dar certo. Impressionante! A única coisa que não gostamos nesse roteiro foi o entra e sai de passageiros em todos os portos. Nos outros roteiros que fizemos, todos que entravam num porto saiam no mesmo, depois do período contratado. Isso deixou um pouco estressante, meio bagunçado até, pois a todo momento tinham filas na recepção.

Como são as refeições? Quando você compra uma viagem de cruzeiro, todas as refeições estão incluídas. São vários restaurantes espalhados e normalmente seguem um padrão, nos da MSC são assim. O café da manhã e o almoço são servidos em um deles com buffet livre, que geralmente fica no deck superior do navio, onde estão as piscinas. Nessas refeições os passageiros podem beber água, refrescos e chás que estão incluídos nesse pagamento (são aquelas máquinas de bebidas, que o passageiro se serve).

Restaurante do deck

Já no jantar, podemos escolher comer no mesmo lugar do almoço ou no restaurante a la carte, que é mais refinado e só abre no período da noite. Logo no check in você escolhe o seu horário para jantar nesse restaurante e todos os dias, no seu horário escolhido, haverá uma mesa reservada para você. As bebidas são pagas a parte nesse local.

Restaurante a la carte

E por falar em bebidas, com exceção do que mencionei no parágrafo anterior, o restante é tudo pago. Quando fechamos o pacote de um cruzeiro, há a opção de comprarmos pacotes de bebidas alcoólicas ou não, ou até os pacotes all incluse, onde você pode beber à vontade sem se preocupar se já está acabando. Como os valores são meio “salgados”, pense bem se você bebe o suficiente para adquirir esse pacote. Caso contrário pode escolher beber algum drink, e pedir separado a qualquer momento.

Há também alguns poucos locais de alimentação que são pagos à parte (algum de especialidade específica e cafeterias).

Existem também alguns outros serviços opcionais no navio, que você paga à parte, são eles: excursões/passeios que são realizadas nos portos de parada, o SPA (manicure/pedicure, massagens, várias opções de tratamentos estéticos).

Uma coisa boa de dentro do navio é que não precisamos andar com bolsa, cartões de crédito ou dinheiro, pois no check in temos que adicionar um cartão de crédito à nossa cabine ou fazer um depósito em cash. Portanto, tanto para acesso às cabines, quanto para pagamento de quaisquer das coisas adicionais, inclusive cassino, utilizamos o mesmo cartão que o navio fornece.

Durante as paradas nos portos, os passageiros podem simplesmente descer e conhecer um pouco mais a cidade que está visitando, sem custo adicional nenhum, ou fazer uma das muitas excursões que o navio oferece. O passageiro que quiser pode também curtir sua viagem dentro do navio e aproveitar tudo que ele oferece.

No nosso caso, sempre descemos para conhecer um pouco das cidades em que o navio para, pois na nossa opinião, ficar dentro do navio tem seus encantos, mas a viagem não é completa se você não conhece os destinos. São diversas opções oferecidas em cada cidade, pena que temos que escolher só uma opção pois não tem tempo para mais de uma. No caso desse cruzeiro em especial, vocês podem conferir as nossas experiências vividas nas cidades de: Gênova, NápolesMalta e Barcelona.

A área interna do navio é fabulosa, um luxo! Uma novidade nesse navio que não vimos em outros, é uma passarela interna que ocupa dois andares, coberta por uma cúpula de LED de 480m², que transmite um visual mágico o tempo todo: um céu digital dá vida a toda a área com fenômenos atmosféricos, vistas inspiradoras, eventos, nascer do sol, pôr do sol e noites de céu estrelado. É sensacional!!!

Área interna

Painel de LED no teto

Sem contar o espetacular show do Cirque du Soleil at Sea, que é exclusividade desse navio também. Nem preciso falar que é um show fantástico, né!

Ahhh gente, quase esquecemos de mencionar a tradicional (que não é nada tradicional…kk) escada de cristais que é comum em todos os cruzeiros MSC, pelo menos os que já fomos. Gente é um luxo!!!!

Escada de cristais

Algumas dicas do que usar no navio: roupas informais são o que você mais vai usar. Shorts, camisas, bermudas, saias, camisetas, vestidinhos, saídas de praia e roupa de banho (maiô, sunga, biquíni). Não é permitido andar pelos corredores e pelos restaurantes com traje de banho.

Para o jantar com o comandante, os passageiros devem se vestir de forma mais formal. Aconselha-se vestido para mulheres e terno para os homens. Mas gente, não se assustem com isso, pois tem de tudo!! Tem os que exageram mesmo nas roupas, ou os que simplesmente deixam o chinelo de lado e melhoram o visual. Portanto, não se esqueçam que o objetivo principal é se divertir!!

Não se esqueçam que para esse cruzeiro é necessário passaporte válido, com seis meses no mínimo, para sua expiração. Não é necessário visto em nenhum dos portos desse roteiro.

Bom gente, é isso, espero que se encantem com as cidades que visitamos, assim como nós nos encantamos.

 

Escrito com carinho por
vivendoavida

2 Comentários

  1. Anapaula disse:

    Meninas… Avelina e Vivian!
    Que experiência maravilhosa vocês viveram!
    Um cruzeiro no mediterrâneo é tudo de bom!
    Eu amo fazer cruzeiros, estou partindo essa semana para o quinto, e já estou ansiosa.
    Parabéns pelo post super informativo!
    Um abraço!

    • vivendoavida disse:

      Foi realmente incrível Aninha!!! O Mar Mediterrâneo é maravilhoso!!!! Nós amamos cruzeiros também, esperamos que você se divirta muuuuito na sua quinta aventura por cruzeiros. Obrigada pela visita ao nosso blog. Bjs


Deixe sua opinião!